NOTÍCIAS

Informações atualizadas todos os dias

Boi: queda no poder de compra do pecuarista frente ao milho é a notícia mais lida

Canal Rural

A notícia mais lida de pecuária na última semana foi sobre o enfraquecimento do poder de compra de produtores que trabalham com bovinos de corte frente ao milho. A queda deve-se, principalmente, às altas registradas nos preços do grão, já que a arroba está em um patamar ligeiramente mais baixo, aponta a Scot Consultoria.

Mas, segundo a Safras & Mercado, a tendência para o mercado do boi gordo no curto prazo é de alta. A consultoria explica que os frigoríficos de menor porte estão com escalas de abate curtas, o que as obriga a sair às compras com mais agressividade.

A semana foi de muita lida e você acabou perdendo as principais notícias de pecuária? Não se preocupe, nós separamos os conteúdos que mais bombaram nessa categoria. Fique com eles!

5º lugar – Seca de 100 dias mata animais no sudeste de Mato Grosso

Vaca mimosa emagreceu com a seca que tem matado animais

 

Foto: Pedro Silvestre/Canal Rural

A seca no sudeste de Mato Grosso está matando o gado de fome. O pecuarista Antônio de Araújo Sobrinho, de Nova Brasilândia, precisou investir em ração e dividi-la em pequenas porções para manter vivas 20 vacas leiteiras.

Mimosa, por exemplo, já perdeu mais de 10 quilos nestes cem dias sem chuvas. “É difícil ver um animal magro desse jeito, aperta o coração. A gente emagrece e fica doente junto”, conta o produtor. Assista à reportagem!

4º lugar – Jumento é amarrado em caminhonete e arrastado por rua no oeste da Bahia

caminhonete arrasta jumento

Um jumento foi amarrado a uma caminhonete e depois arrastado por uma rua de Barreiras, no oeste da Bahia, por um comerciante de ração para animais. O fato, que deixou várias pessoas chocadas, ocorreu no final da tarde desta quarta-feira, 14, no bairro do Ribeirão, e foi filmado por populares.

Vídeos mostram o animal sendo puxado pela corda amarrada ao veículo pela rua, ele tenta resistir, mas tropeça, cai e é arrastado por  cerca de 15 metros. Veja a matéria!

3º lugar – Ibama multa produtor que criava ‘javaporcos’ em Mato Grosso

javaporco Ibama

 

Foto: Ibama/divulgação

Uma ação do Ibama em Canarana, no leste de Mato Grosso, resultou na identificação de 30 “javaporcos”, animais nascidos a partir do cruzamento de porcos domésticos com javalis, em uma propriedade no município. O dono da fazenda recebeu a determinação de abater os animais no prazo de cinco dias e foi autuado em R$ 8 mil. Saiba mais!

2º lugar – Com escalas encurtadas, frigoríficos menores atuam firmes na compra de gado

boi gordo

Foto: Lorran Lima/Idaf

Segundo a consultoria Safras & Mercado, o cenário do mercado físico do boi gordo continua o mesmo dos dias anteriores, com os frigoríficos de maior porte ainda desfrutando de uma posição mais confortável em suas escalas de abate, consequência da entrada de boi a termo e de outras modalidades de parceria.

“O quadro é muito mais complicado para os frigoríficos de menor porte, que se deparam com escalas de abate encurtadas e atuam de maneira mais impetuosa na compra de gado”, disse o analista de mercado Fernando Iglesias. Veja!

1º lugar – Boi gordo x milho: poder de compra do pecuarista piora em agosto

 

Foto: Madson Maranhão/ Seagro-TO

Os preços do milho subiram no mercado interno em agosto acompanhando a valorização do dólar e a expectativa de uma boa movimentação para exportação, que na realidade já vem acontecendo desde meados de maio.

Com a alta no preço do grão e o preço da arroba do boi gordo em patamar ligeiramente mais baixo que a média de julho, a relação de troca piorou para o pecuarista em agosto. Na praça de São Paulo, atualmente é possível comprar 4,08 sacas de milho com o valor de uma arroba de boi gordo. Entenda!